Inovação tecnológica: 5 principais obstáculos que impedem as empresas de investir

voltar Publicado em 17 de janeiro de 2019

Inovação tecnológica: 5 principais obstáculos que impedem as empresas de investir

Inovação tecnológica

Não é novidade para ninguém que as empresas estão cada vez mais envolvidas em atividades ligadas à inovação tecnológica. O investimento não é por acaso.

Em um mercado tão acirrado, a necessidade de inovar ficou mais premente, exigindo velocidade para que a organização se mantenha a frente dos seus concorrentes.

Contudo, implementar tecnologia nas empresas nem sempre é uma tarefa fácil. Segundo estudo da Innovation Leader – empresa americana especializada em inovação corporativa -, CEOs de grandes, médias e pequenas companhias ainda enfrentam muitos desafios na hora de aplicar novas ideias em suas organizações.

Dentre os principais gargalos a serem superados, estão a inclusão da inovação entre os objetivos estratégicos; a oferta da estrutura e dos mecanismos necessários para que as novidades surjam.

Dessa forma, listamos os cinco principais obstáculos apontados pelos líderes para promover e acelerar a inovação tecnológica em suas empresas. Quer saber quais? Continue a leitura.

1. Política, guerras territoriais e falta de alinhamento

Uma cultura de inovação bem alinhada estrategicamente pode trazer grandes benefícios a longo prazo para as empresas.

Como o aumento da eficácia nos processos e novas oportunidades de lucro.

Tal fato contribui para o aumento do equilíbrio e os esforços criativos e produtivos da equipe.

No entanto, alinhar essa cultura em grandes ambientes corporativos ainda provoca grandes reações, tais como guerras territoriais e brigas políticas.

De acordo com a pesquisa comandada pela Innovation Leader, boa parte dos executivos acreditam que já estão fazendo inovação por conta própria.

Nesse sentido, qualquer tipo de nova iniciativa estaria potencialmente competindo por recursos.

Desse modo, novos projetos de inovação podem simplesmente ser ignorados e, consequentemente, esquecidos.

Outro fator apontado é que os líderes seniores podem não ser capazes de lidar com todas as disputas políticas.

Contudo, eles não são claros sobre o que é esperado de um grupo de inovação.

Ao mesmo tempo, eles também não sabem como os outros devem apoiá-los.

2. Questões culturais afetam a inovação tecnológica

As questões culturais em grandes companhias são estruturadas sobre uma base de excelência operacional e crescimento previsível.

Ao criar esse conjunto de ideias, muitas empresas se enraízam a esses conceitos de tal modo que se tornam reticentes a novas ideias.

O estudo diz que os novos conceitos que podem tirar os negócios estáveis da zona de conforto ou alterar o atual modelo de distribuição, que podem provocar uma forte reação.

Incentivar o uso da diversidade, culturas, costumes e experiências diferentes também contribuem de forma significativa para estimular a vivência de novas ideias, criando espaços e ambientes que permitam uma maior liberdade de ação e motivação. Tais medidas ajudam a melhorar a conectividade.

3. Incapacidade de agir em sinais cruciais para o futuro do negócio

A pesquisa evidenciou que apenas 18% dos entrevistados disseram que suas empresas tinham problemas em captar sinais de mudança.

Ao mesmo tempo, os líderes estão conscientes de que alguma startup mais ousada pode entrar e transformar seus setores ou até mudar os hábitos de compra dos clientes.

O principal gargalo nessa discussão, no entanto, é como essas empresas devem fazer essa ligação com as startups.

Nesse hiato, muitas delas esperam que as novas mudanças no atual modelo de mercado possam ser revertidas antes que elas precisem pensar algo a respeito.

4. Falta de orçamento

Quase 40% dos entrevistados disseram que seus esforços de inovação tinham um orçamento anual de menos de 5 milhões de dólares.

Nesses, 23% estavam abaixo da marca de 1 milhão.

Segundo o relatório, os orçamentos mais baixos estão em setores que, historicamente, não tinham um departamento de pesquisa e desenvolvimento.

Dentre eles, estão os setores de varejo, hospitalidade e serviços financeiros.

Na maioria dos casos, esse nível de orçamento pode contribuir para o desenvolvimento de algum trabalho produtivo na empesa.

5. Falta da estratégia ou visão correta

Definir uma estratégia bem segmentada foi outro ponto de barreira apontado pelos líderes para inovar.

Os entrevistados revelaram que o CEO não está usando seu poder para derrubar obstáculos que impedem funcionários de propor boas ideias.

Equipes de inovação precisam ter uma comunicação regular e construir pontes com as unidades de negócios da empresa.

E isso só é possível quando se reconhece que a inovação é necessária, e quando as pessoas são incentivadas a se envolverem e fazer mudanças positivas.

Um facilitador-chave da inovação, referenciado por mais da metade dos entrevistados da pesquisa, foi a “capacidade de testar, aprender e repetir”.

Por isso, sem dúvida, o certo é que investir em inovação tecnológica é uma realidade para muitas empresas.

Segundo dados da Pesquisa de Inovação (Pintec) 2014, apresentada pelo IBGE, apenas 36% das empresas brasileiras inovam.

Como resultado, somente 2,4% desas empresas adotam alguma inovação tecnológica.

Assim sendo, apesar do índice negativo, o número de empresas inovadoras beneficiadas pelos incentivos do governo federal, como a Lei do Bem, cresceu de 34,2% no período 2009 – 2011 para 40,4% no triênio 2012 – 2014.

De acordo com a análise da pesquisa feita para o anuário Valor Inovação Brasil, a maneira de inovar ganha novos contornos.

É cada vez mais comum a parceria com instituições tecnológicas e de pesquisa, universidades, ONGs e outras organizações.

Além disso, é crescente também o envolvimento de startups com grandes empresas.

Das empresas participantes do ranking, 67% fomentam parcerias externas de forma regular e 19% de forma esporádica.

Nesse, não há dúvidas de que inovar se tornou extremamente útil às empresas não só como pelo processo de inovação tecnológica como também para um novo posicionamento no mercado.

Para saber mais sobre Inovação e as novidades no setor de Startups, siga nosso blog e nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn!

posts relacionados

FALE CONOSCO

Seja Nosso Parceiro

Entre em Contato

Trabalhe Conosco

Envie seu currículo

Neo Ventures 2018 - Todos direitos reservados

Desenvolvido por: