5 dicas para startups que desejam fazer parcerias com empresas

A inovação ocupa atualmente um pilar fundamental nas estratégias de muitas corporações, com muitas buscando alavancar a inovação aberta como um meio rápido e eficaz para atingir seus objetivos de curto a médio prazo.

Para se tornar inovadora de fato, muitas empresas optam por criar relacionamento com as startups, porém, nem sempre criar parcerias significativas e duradouras entre uma startup e uma corporação pode ser fácil. Existem inseguranças em ambos os lados.

Para muitas empresas em estágio inicial, as vantagens potenciais de trabalhar com uma organização corporativa muitas vezes podem parecer pouco claras, com o risco de ser uma distração indesejada. Embora do ponto de vista corporativo, colaborar com startups às vezes pode ser visto como um exercício arriscado e ineficaz.

Como a Neo Ventures tem experiência na construção do relacionamento entre empresas e startups que desejam se unir para o desenvolvimento e execução de projetos inovadores. Hoje nós viemos te dar algumas dicas que vão te ajudar nesse estágio.

Dica 1: Eles precisam valorizar a oportunidade de trabalhar com você.

Para qualquer projeto que você empreenda com uma corporação, você precisa saber o valor da oportunidade para eles. Mesmo que seja apenas uma estimativa aproximada, ter uma ideia do tamanho do prêmio garantirá que o envolvimento tenha potencial para sucesso a longo prazo.

Eles têm que estar interessados

Quer você esteja interagindo diretamente com o patrocinador geral ou alguém que se reporta a um, é crucial que haja paixão e motivação para aproveitar a oportunidade. Além disso, é crucial que haja financiamento para o trabalho que vocês estão realizando juntos. Se não houver adesão suficiente em nenhuma dessas contas, você está se preparando para o fracasso.

Dica 2: faça com que se sintam especiais

Não recicle apenas o que pode ter funcionado antes.

Se você tiver sorte, apresentar o seu argumento de venda genérico o ajudará a começar; no entanto, as primeiras impressões são tudo. Quanto mais personalizado você puder criar seu argumento de venda para o problema específico de um potencial parceiro corporativo, melhor.

Seja curioso e faça perguntas.

Não se pode esperar que você saiba tudo sobre os negócios de um parceiro em potencial; no entanto, um pouco vai longe. Antes de encontrá-los pela primeira vez, faça algumas pesquisas sobre o setor deles e o problema que estão tentando resolver. Diligência e conscientização são essenciais para construir harmonia e confiança nos estágios iniciais de uma parceria.

Dica 3: a comunicação é fundamental

No centro de qualquer relacionamento de sucesso está um diálogo honesto e aberto.
Reconheça suas diferenças para ajudá-lo a atingir seus objetivos.

Embora os objetivos de inovação de uma empresa e de uma start-up possam ser muito diferentes no início de um compromisso, para facilitar o sucesso a longo prazo, você deve estar sensível e ciente dos objetivos um do outro e descobrir como ambos podem contribuir para alcançar eles.

Seja direto e aberto.

Ao trabalhar com partes interessadas seniores de qualquer organização, você precisa ser eficaz com o tempo delas. Seja intencional com suas comunicações: estabeleça objetivos desde o início e cumpra-os. Eficiência e franqueza são cruciais para realizar as coisas em uma grande organização.

Dica 4: paciência é uma virtude

As coisas boas vêm para aqueles que esperam.

Seja flexível e adaptável (até certo ponto).

As coisas nem sempre acontecem conforme o planejado ... as pessoas mudam de função, os projetos são redefinidos e as estratégias mudam. A capacidade de se adaptar a esse cenário em mudança dentro de uma empresa ajudará a provar seu valor e desenvolver confiança. No entanto, se você está sempre fazendo mais por menos, pode ser hora de reconsiderar sua parceria.

Tempo é essencial.

Esteja ciente de que os cronogramas corporativos geralmente envolvem muitas etapas adicionais para levar um projeto adiante. No entanto, esses são os freios e contrapesos necessários para construir uma parceria mais profunda e garantir projetos maiores. Um pouco de paciência ajuda muito.

Dica 5: planejem seu futuro juntos

Comece quando estiver preparado.

Pense grande, comece pequeno.

Antes de fazer um compromisso duradouro um com o outro, você precisa se certificar de que é o ajuste certo para ambas as partes. Por meio da execução de projetos iterativos rápidos, você será capaz de determinar rapidamente não apenas se a oportunidade vale seu tempo e esforço, mas crucialmente como poderia ser uma futura relação de trabalho.

Negocie termos que funcionem para vocês dois.

As coisas estão começando a ficar sérias ... Esta deve ser uma oportunidade frutífera para vocês dois, mas que precisa de limites claros. Há inúmeras coisas a serem abordadas e consideradas conforme sua parceria se desenvolve (por exemplo, termos de contrato, propriedade de IP e segurança de dados). Se você se sentir pressionado, dê um passo para trás e tente avaliar objetivamente o que você está ganhando com o negócio.

Gostou das nossas dicas para melhorar o relacionamento entre empresas e startups para torná-los mais estáveis e duradouros? Saiba também como a Neo Ventures pode ser sua parceira na hora de construir essa ponte entre os dois lados.

Publicado em 8 de março de 2021
M-Start Ciclo 8
Estão abertas as inscrições para o programa de inovação aberta que está transformando a mineração!
LEIA MAIS
InovaCoop
Conheça o InovaCoop, programa que conecta cooperativas e startups para solucionarem desafios do cooperativismo agro!
LEIA MAIS
Mitos e verdades sobre a inovação aberta que nunca te contaram
LEIA MAIS
crossarrow-left linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram